Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arvore De Letras

Coisas lidas,ouvidas,cantadas, declamadas,faladas,escritas

Arvore De Letras

Coisas lidas,ouvidas,cantadas, declamadas,faladas,escritas

23
Fev10

QUANDO FOR GRANDE, VOU SER AVÔ! POR EDUARDO SA

AnnaTree

 

Coisas lidas

(...) há avós que são pais duas vezes. São arrojados e sóbrios e casam bondade com autoridade. É verdade que são ainda melhores pais quando se tornam avós. Na verdade, os pais aprendem a ser pais á medida que são educados pelos filhos. É claro que também dão aos netos mais, ainda, do que deram aos filhos. Estes avos são muito menos egocêntricos do que os pais, E perdem a vergonha de abraçar, de se comover, ou de dizerem «gosto de ti!», e trocam uma ida ao cinema pela correria de um neto, de braços abertos, em direcção a si. E percebem que a sopa nunca é uma questão essencial das confusões de um jantar, mas o lado birrento das crianças/atropelado pelo dos pais) que, numa tontice, desatam num braço de ferro sem fim.
Há avos que tentam ser pais pela primeira vez, mas o melhor que conseguem é comportar-se como se fossem tios...um pouco mais velhos. Todas as patifarias que uma criança ainda não imaginou já eles a deixaram fazer. No fundo, comportam-se como crianças assustadas: imaginam que os melhores amigos das crianças são aqueles que exilam todos os «nãos» num pais distante ou que põem todas as regras agrilhoadas numa galáxia que fique a anos-luz da Via láctea. Estes avós - reconheço – não são fáceis. Porque instalam lá em casa democracias do proletariado, e porque disputam o amor dos pais, nalgumas circunstâncias, com as crianças. E não só o amor: também regras. (por outras palavras, sempre que os pais dizem as crianças «se tens duvida em relação a quem manda em ti, quando estamos com os avos, é o pai e a mãe»! falam para elas e para estes avos. e pior! Têm uma coligação de amuos difícil de gerir...) é claro que, muitas vezes, os pais reagem de inveja contra estes avos. Porque, pelos cuidados que dispensam aos netos, os pais não deixam de imaginar os cuidados que receberam deles. Imaginam mais do que recordam. E isso faz com que os filhos lhes tragam, de volta, os pais que não tiveram.
E há muitos avos que nem com os netos tentam ser pais pela primeira vez.
Invejam a vida das crianças, sentem que o sorriso delas exagera decibéis, acham a bondade dos pais para com elas como um prenúncio de uma guerra civil para os bons costumes, e exigem boa educação aos netos quando são os primeiros mal-educados.
Felizes os netos que têm os primeiros e os segundos (mesmo que esses sejam avós só aos bocadinhos)!

Noticias magazine 7 Ago. 2005 
 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.