Terça-feira, 30 de Dezembro de 2008

Mentiras - Adriana Calcanhoto (Ao Vivo)

 

 

 


e se de repente......

 

a unica vez que mandei alguem á merda..... fizer sentido?

e se.....

todos os amargos de boca.... se transformarem num bom porto amadurecido em cascos de boa cêpa....

 

e se de repente.....

meter a mão no bolso do casaco velho da minha bisavó e descobrir um bilhete de lotaria premiada sem validade já?

 

isso é a vida louca!!!

 

*a rir-me* 

 

 

 


publicado por AnnaTree às 12:37
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Dezembro de 2008

A VOLTA AO ESPELHO POR RITA BARATA SILVERIO LIDO A 4 FEVEREIRO 2005 DNA

 coisas lidas

 

Há profissões que já atingiram o nível de mitos: toda a gente tem um primo que conhece um amigo que apanhou um táxi no aeroporto de Lisboa e acabou em Almeirim, assaltado, meio nu e sem malas (...) ou o clássico dos clássicos: quem não ouviu falar daquele funcionário da repartição de finanças que é capaz de maltratar o contribuinte torturando-o a preencher o formulário A-25 em harmonia com o B-1852 que deve ser comprado na tesouraria no andar de baixo em menos de quinze minutos e sem perder o lugar na fila para a caixa? Pois é.
(...)
Funcionários públicos, bancários, taxistas, professores, enfermeiros, lojistas e secretarias: o gamanço, a arrogância, o absentismo, a negligencia, o descuido, a mentira e a preguiça.

(...)
Porque esta gente está ali para nos servir, a nós, que para isso pagamos. Os que estão do outro lado, detrás do balcão não tem mais que fazer que nos satisfazer docilmente, com um sorriso nos lábios e até amanhã se Deus quiser.
Ouvindo sentenças populares até parece que Portugal está composto maioritariamente por pescadores, agricultores, mineiros, operários fabris e demais agentes dos sectores primário e secundário. Como se o terciário, que engloba ninharias como o comercio, os hotéis, os transportes, as telecomunicações, a educação e até o governo, fosse uma miragem longínqua e alheia a nós. Chega a ser cómico como um pais de prestadores de serviços, uma terra que consome a riqueza que outros recolhem da terra, um pais que quase esqueceu o significado da palavra manufacturar, se vire contra si próprio desta maneira. Porque tirando quatro intelectuais que nunca saem de casa e os vinte pastores em vias de extinção que habitam as serras pátrias, somos todos peças da classe terciária. Quase todos servimos alguém.
(...)
E a senhora, professora de liceu, quantas vezes teve vontade de mandar á merda os progenitores dessas adoráveis criancinhas que a torturam, eles que juram ante Deus e a bandeira que os filhos nunca fumaram um charro mesmo tendo sido apanhados dez vezes pela polícia?
Defina-os sem medo. Pois é: uns arrogantes, que pretendem que os professores exerçam de pai, mãe, Madre Teresa de Calcutá e de santa casa da misericórdia, se for caso disso; uns irresponsáveis e uns imaturos. 

 


publicado por AnnaTree às 10:49
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Dezembro de 2008

Dire Straits,private investigations

 

 


publicado por AnnaTree às 10:44
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2008

poeminhas de natal

Coisas lidas

 

Quando imagino a cena de luz
Na manjedoura, distante em Belém
Toda criança me lembra Jesus.
Cada mulher é Maria também

 


publicado por AnnaTree às 10:29
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2008

Danni Carlos - Coisas que eu sei

 


publicado por AnnaTree às 10:27
link do post | comentar | favorito

coisas que eu sei

Coisas lidas 

 

Á beira do meu lago, na orla do universo,
vim a descobrir q certos portões só abrem p/a solidão
e q só se consegue entrar em certos palácios
através das lágrimas


publicado por AnnaTree às 10:22
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2008

Patxi Andion, Con Toda la Mar Detras

 

 


publicado por AnnaTree às 11:53
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2008

o dia dos meus anos

 

Coisas escritas...

 

Quero falar-vos dos AMIGOS , essas prendas que a vida nos devolve quando sabemos o que andamos a fazer.

 

Ontem fiz anos. Para mim bastava-me a vossa presença, no meu coração ou á mesa , mas vocês vierem com as mãos cheias e o coração repleto de sorrisos para mim.

 

Ao Charles : Obrigada antes de tudo por estares na minha vida. Por o carinho e pela ternura com que antevês as minhas necessidades, tu existes? Que fiz eu para te merecer? Obrigada pelo anel.... três alianças unidas : a verdade trinitária- a assinatura de Deus - sobreconsciente, consciente e subconsciente ou mente, corpo e espírito! Obrigada pelo fim de semana lindo que me ofereceste, num castelo á beira mar plantado que magia pairava no ar!!! Somos bonitos juntos.

 

À Luzinha : pelo bonito porta colares “fox trot” (andava a sonhar com um á algum tempo). Obrigada meu anjo por andares na minha vida. Que triste era a minha vida sem ti!!!Gosto tanto de ti que quando te quero dizer o coração comove-se enormemente e fica apertadinho. Será que o ouves?

 

Ao Phillip pelos beijos enviados através da Luzinha.

 

Ao João Campos: pelo bonito porta colares “fox trot” . Obrigada ainda pela tua lembrança de me ligares para me dares os parabéns (ainda que a desculpa fosse o capão!) valeu!!!

 

Ao João Jr e á Raquel pela linda neta Carolina. Pelo livro “A Razão dos Avós” do Daniel Sampaio. Pela dedicatória que puseram nele com a mão do pai e da filha pintada na contracapa.

 

À Paula, amiga e confidente, pelas rosas espantosamente bonitas cor de tijolo, que me esperavam silenciosas na banca da cozinha... que valor têm para mim sabendo de quem vem! Bem Haja!

 

Ao Ernesto , amigo de além-mar, nunca te esqueces.... carambas aquele abraço!!!

 

Ao Carlos Alberto...pela mensagem msn que despontou mal abri a janelinha.... comovidaaaa!!!

 

 

Ao João” Moinas”, que me surpreendeu (uma vez mais!) com um ramo de Gerberas/Girassol entregues pela Prima ! estiveste lá naquela mesa também! Obrigada , são lindas!!!!

 

Á Prima Gi! Que dizer? Que bom que pude aprofundar a nossa já antiga relação de parentesco e descobrir uma Amiga. O perfume que me deste cheira a ti! E as duas tulipas entrelaçadas simbolizam a nossa amizade. Estou contigo, miúda, pó que der e vier!

 

Ao Gonçalo pela bonita mensagem sms e pela tua presença no jantar.

 

À Afilhada Clara e ao Alex pela bonita sms enviada.

 

À Mana Lena e ao Zé pela vossa presença no jantar e pelo batôn picante!!! Adorei , o Carlos é que não aprecia! *sorrindo*

 

Ao Mano Arnaldo e Regina, apesar de não poderem estar presentes estiveram comigo. Adorei os sabonetes a cheirar a limão!!!

 

 

À Mana Nani pelo colar de pérolas com um anjo pendurado! E pela presença da tua família completa, com a Mariana acabada de aterrar!

 

 

 

 

À Mana Teresa e suas lindas “crias”, pela bonita carteira e pela vossa presença.

 

À Sobrinha Joana que faz anos no mesmo dia pelo bonito colar

 

 

Às coleguinhas: Margarida, Manuel, Ana Isabel, Isabel, Ana Paula, Catarina, Nani, Conceição Laurinda Teresa Barros, Neto e Fátima pelo colar catita que me ofereceram e pelos beijinhos .

 

Ao Meu Pai por tudo que tem feito por mim. A prenda monetária é sempre esperada com entusiasmo infantil. Hoje já vim agasalhadinha com a nova gabardine. E pelo jantar da minha famelguinha.

 

À Cunhada Paula e sobrinho Mike por estarem no jantar comigo e pela bonita prenda que me deram

 

Ao Cunhado Tó , Margarida e filhotes pela sms que me mandou.

 

Ao Tó “Vadio” pela tentativa infrutífera de me ligar (o tmv que tinhas esta avariado)

 

À Mena pelo postal virtual e pela tua amizade.

 

Ao Miguel e á Benedita pela bonito cesto com chá verde e short bread.(puro bom gosto agradece á tua amiga a escolha, por mim) e pela presença no jantar. E por o cheque brinde (vou comprar um livro fantástico que acho que também vais gostar de ler) As Velas Ardem Até ao Fim de Sándor Márai

 

 

À Terry pela tua presença no jantar e ainda pelos cheirinhos de lavanda que me lavam a alma


Pela telefonema da prima Paula e da Mainha (nunca se esquecem)

 

À Sofia , Benedita e Pink pelo bonito cesto de trapo (excelente ideia para prendas futuras no natal) e pela presença no jantar

 

Pelo mail do primo João.

 

 

À coleguinha Ceição que mandou um mms (que não consegui ainda ver)

 

À querida Jane que não se esqueceu de me parabenizar

 

À prima Eugénia pelo bonito mail

 

À Mom; ontem estivemos as duas tão pertinho tão pertinho uma da outra...que quando entrei no Morgado para escolher a prenda da Avó.... a Dona Conceição exclamou admirada que eu era a tua cara, Mom! Miss you!!!!


E ainda a todos os que o meu coração guarda e a memoria não deixará morrer.
OBRIGADA!


publicado por AnnaTree às 10:43
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Dezembro de 2008

happy birthday

 


publicado por AnnaTree às 10:07
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 12 de Dezembro de 2008

O Malmequer e o Cravo

Coisas lidas
Historias e Lendas(em poesia)

 

 

Num jardim encantador
Cheio das flores mais belas,
É que nasceu malmequer,
Perdido no meio delas.

Tinha o jardim violetas
Entre folhas escondidas,
Tinha cravos perfumados,
E as papoulas garridas.

Tinha junquilhos,azáleas,
Tinha gerânios e rosas,
Tinha todas as flores,
As feias e as formosas.

Até lá nasceu arruda
Que é feia e detestada,
E ao pé dela, uma angélica
Toda fresca e perfumada.

Algumas só com o sol
É que se erguiam belas,
Outras ,então, só abriam
Á linda luz das estrelas.

Uma há que a madrugada
Risonhamente inflora,
É azul da cor do céu,
E só abre quando é noite.

Quando orvalha o jardim
Tem aspectos interessantes,
Parecem flores toucadas
Por milhões de diamantes.

Viviam todas as flores
Em completa harmonia.
Nunca lá houve tristeza,
Reinava sempre alegria

Mas um dia o malmequer
P’la rosa se apaixonou
E a guerra entre as flores
Bem depressa começou.

O cravo , havia já muito,
Que também fora ferido
Do amor, e pela rosa
Era já correspondido.

Como eram cautelosos,
No jardim ninguém sabia
Que eles eram namorados,
Que grande amor os unia.

O malmequer, furioso,
Todo cheio de despeito,
Consultou o advogado,
Que era o amor-perfeito.

Ele disse ao namorado;
Conheço bem a mulher,
Ela só costuma amar
Aquele que mais lhe quer.

O malmequer ,radiante,
Cheio de esperança ficou
E disse:- então vou mudar,
Malmequer eu já não sou.

E já todo satisfeito
Para o seu lugar voltou.
Que a rosa olhasse para ele,
Baldadamente esperou.

E cheio de ansiedade
Todo dia ele passou!
Chegou a noite, coitado,
De desespero chorou.

Era já noite fechada
Completa a escuridão;
Sentiu passos , escutou,
Meu deus! Não era ilusão.

Nisto, uma nuvem negra ;
Linda estrela descobriu,
Desgraçado malmequer!
O que o pobrezinho viu...

A rosa em abraço terno,
Ao lindo cravo cingida.
Não sei como malmequer
Não perdeu logo a vida!

Felizmente, que a nuvem;
De novo a estrela velou,
E o pobre do malmequer,
Uma vingança jurou!

Já nasceu a madrugada,,
Como vem doirada e bela!
A sua luz resplandecente,
Paira na rosa amarela.

Como está fresca a rosa,
Tão radiante, tão linda,
Olha malmequer pra ela
E diz-lhe: -eu vivo ainda,

Mas por ti morrer eu vou,
É o teu amor que me mata
Porque é que desprezaste
O meu amor? Oh! Ingrata

E, a si se desfolhou
Sem que a rosa sequer
Ouvisse o que ele dizia:
-bem lhe quero mal me quer.

Passava pelo jardim
A filha do jardineiro.
Chorou, ao ver a flor
Desfolhada no canteiro.

Porque foi que o malmequer
Tão depressa desfolhou?
Ele era ainda tão novo!
O que foi que o matou?

Olhou para o lado e viu
A linda rosa amarela,
E, ao vê-la, descobriu
Que de certo fora ela.

A causadora da morte
Do pobre do malmequer.
E, vai a ela, corta-a,
Vingar o pobre ela quer.

Levou a rosa para casa.
Castigou sua maldade
Não amava o malmequer?
Mas tivesse piedade!

Assim, foi má, o amor
Do malmequer desprezou
Sem sentir dó, mas a filha
Do jardineiro o vingou.

Mª lobão


publicado por AnnaTree às 10:25
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 37 seguidores

.pesquisar

 

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Notícias Magazine 1/10/20...

. Sword of Democles Lou Ree...

. Estilhaços Júlio Machado ...

. Estilhaços de Júlio Macha...

. Estilhaços de Júlio Macha...

. Estilhacos de Júlio Macha...

. Estilhaços de Júlio Macha...

. Estilhaços de Júlio Macha...

. Estilhacos de Júlio Macha...

. Estilhaços de Júlio Macha...

.arquivos

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Janeiro 2018

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Agosto 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

SAPO Blogs

.subscrever feeds