Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arvore De Letras

Coisas lidas,ouvidas,cantadas, declamadas,faladas,escritas

Arvore De Letras

Coisas lidas,ouvidas,cantadas, declamadas,faladas,escritas

03
Mar11

E o stress chega…

AnnaTree

Coisas Escritas

 

 

 

 

Implacável vai invadindo a nossa vida sem cerimónia.

Depois da paixão ele vem, parecendo bem mais forte e impiedoso

Instala-se….

E de manhã acordo com ele. E acordo, não porque faça barulho, mas porque sinto a violência da sua presença…no meu respirar ansioso…a agua que ouço cair no duche...uma pressa que me faz saltar da cama muito antes do que quero e preciso. Ninguém mais parece sentir lhe a presença. Só a mim me perturba, só a mim me faz mal. Esta consciência da sua presença perturba me de tal forma que, fico num estado de desânimo tão grande, que chego a pensar que a vida não vale a pena. Tudo é rápido e ansioso. O telefonema a meio da manhã e que se repete durante a tarde já automatizado pelo stress no meio de nós, implacável, insensível, presente. E de repente a discussão parece querer montar arraias. A decência que nos obriga a conter decibéis num local publico. Este estado de banho-maria que parecemos suportar tão bem! Acaba por explodir dentro da “protecção “ que a nossa casa tão bem nos dá. Já nem os filhos são agora, impedimento para dizermos, um ao outro, as maiores barbaridades. Chegamos ao limite do suportável.

Dou-me conta que mais uma vez o stress venceu. E eu, que parecia não o ter e a ele ficar imune, apercebo-me que também eu, não consegui resistir-lhe e a ele sucumbi.

É como uma praga. Instala-se, contagia, contamina, corrói, destrói e no fim…arrota-nos…desalmados.

E quando a noite chega e o silêncio e a solidão me invadem, aqui sozinha na sala, vou apanhando os restos do que sobrou de mim, tentando fazer um puzzle parecido comigo.

 

A.S 17/04/2001 Torreira

01
Mar11

Poemas

AnnaTree

 

Coisas declamadas

 

 

Amigo, não tenho perguntas para te fazer.

Quantas

Pessoas entendem aquilo que não entendo? Quem

Descobriu o segredo mais inútil?

 

Amigo, não tenho perguntas para te fazer. Basta-me

Ver-te. Passaram anos, poderiam ter passado mais

Anos ainda. Poderiam

Passar séculos

 

Entendo o teu rosto. Isso

Basta-me quando te vejo.

Para mim, serás sempre o

Príncipe, a criança que me mostrou as arvores.

Como um pardal degolado

Que já não pode fugir

 

 

Pág. 3/3

Rádio Tree

Música Brasileira

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D