Sexta-feira, 29 de Junho de 2012

a arte de amar ovideo

 

Coisas Lidas

 

O CIRCO

(…)

São os prazeres que proporcionam o circo repleto de povo

(…) Não tens precisão dos dedos, para poderes segredar o que te vai na alma, nem é por acenos que deves acolher aquela que assinalaste;

Junto a essa mulher, sem ninguém a impedi-lo, aí te hás-de sentar;

Encosta o teu corpo, tanto quanto possível, ao corpo dela;

Ainda bem que as marcações te obrigam, mesmo que não queiras, a encostar-te, e que ela, graças às condições do lugar, tem de consentir ser tocada por ti. Hão-de, então, buscar um começo de conversa amigável;

Sejam lugares comuns a desencadear as primeiras palavras:

“A quem pertencem os cavalos que ali vêm?”, Faz por perguntá-lo, interessado, e, de pronto, o que ela apoiar, seja quem for, apoio-o tu também; mas quando avançar o longo cortejo para o combate de efebos, aplaude Vénus, tua senhora, para te estender a mão propícia. E se acaso, como é costume acontecer, cair no colo da mulher um grão de poeira, com os teus dedos o deves sacudir; mas se nenhum grão de poeira cair, mesmo assim, sacode esse nenhum. Deita mão de qualquer pretexto e torna-o útil a teus prepósitos; se o manto está caído demais sobre o chão, apanha-o, solicito, e tira-o da sujeira da terra. Logo ali, para paga dos teus préstimos e com o consentimento da mulher, as pernas dela se hão-de oferecer á contemplação dos teus olhos.

(…)


publicado por AnnaTree às 18:00
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 28 de Junho de 2012

LUSOFONIA - Martinho da Vila - Pai da Alegria


publicado por AnnaTree às 14:44
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 27 de Junho de 2012

arte de amar ovideo

COISAS LIDAS

 

A PROCURA

Enquanto for consentido e puderes. Solto de amarras, caminhar por toda a parte,

Escolhe aquela a quem hás-de dizer: “só tu me agradas!»

Ela não há-de chegar às tuas mãos caída por entre brisas ligeiras;

Tens de busca-la, com o teu olhar, essa mulher

(…)

Se te cativam verdes anos e ainda em crescimento,

Diante de teus olhos há-de surgir uma verdadeira donzela;

Mas se desejas, antes, uma jovem, mil jovens te hão-de agradar,

E ficarás bloqueado e incapaz de escolher;

Se acaso te apraz a idade madura e de sabedoria,

Também essa, acredita em mim, há-de ser tropa bem farta.


publicado por AnnaTree às 15:18
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 26 de Junho de 2012

Carlos Santana & Dave Matthews - Love of My Life


publicado por AnnaTree às 12:55
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Junho de 2012

a arte de amar Ovideo

Coisas Lidas

 

 

PLANO

Antes  de mais, o que quiseres amar, trata de procura-lo,

Tu que acabas de entrar, feito soldado, em novo exercito;

Logo hás-de empenhar-te em fazer ceder aquela que te agradou;

Em terceiro lugar, farás porque dure longo tempo o amor.


publicado por AnnaTree às 17:42
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 22 de Junho de 2012

Quinteto Tati- "Suor e Fantasia"


publicado por AnnaTree às 17:51
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 21 de Junho de 2012

Cada árvore é um ser para ser em nós

 

 

COISAS DECLAMADAS

 

Cada árvore é um ser para ser em nós
Para ver uma árvore não basta vê-la
... a árvore é uma lenta reverência
uma presença reminiscente
uma habitação perdida
e encontrada
À sombra de uma árvore
o tempo já não é o tempo
mas a magia de um instante que começa sem fim
a árvore apazigua-nos com a sua atmosfera de folhas
e de sombras interiores
nós habitamos a árvore com a nossa respiração
com a da árvore
com a árvore nós partilhamos o mundo com os deuses

António Ramos Rosa

 


publicado por AnnaTree às 09:18
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 20 de Junho de 2012

Verdi - Traviata


publicado por AnnaTree às 13:44
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 19 de Junho de 2012

a arte de amar Ovideo

 

COISAS LIDAS

 

LIVRO I
O MESTRE DO AMOR
se alguem das nossas gentes não conhece a arte de amar,
leia este canto; e, depois de o ter lido, entregue-se , com sabedoria, ao amor.
(...)
não vou mentir-te, ó Febo, e dizer que foi por ti que tais artes me foram dadas;
nem sou inspirado pelo canto das aves que voam no ar.
(...)
é a experiencia que estimula este canto; prestai atenção a um poeta experimentado.
(...)
ficai longe daqui, fitas inocentes, emblemas do pudor
(...)
Eu, uma Vénus vivida em segurança e amores secretos consentidos é o que canto,
e nos meus versos crime algum há-de haver.


publicado por AnnaTree às 09:26
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 18 de Junho de 2012

Der Hirt aus dem Felsen - Margaret Ritchie D.965


publicado por AnnaTree às 11:57
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 38 seguidores

.pesquisar

 

.Janeiro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Nem as mulheres são tão c...

. Maria Jesus Alava Reis “n...

. No princípio estava o mar...

. Óscar Wild Fidelidade

. Pedro Rolo Duarte 6/3/201...

. A Cidadela de Saint-Exupe...

. Mia Couto sangue da atriz...

. Jornal El país domingo 14...

. Revista cais número 131 ...

. Todo presente espera pelo...

.arquivos

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Janeiro 2018

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Agosto 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

SAPO Blogs

.subscrever feeds