Sexta-feira, 30 de Agosto de 2013

Do mal ou menos pedro paixão

COISAS LIDAS

 

SEI POUCO SOBRE AS MULHERES

(…)

A homosexualidade consiste numa pessoa preferir o prazer com uma pessoa do seu sexo. A homosexualidade ao quadrado consiste em desejar ser do sexo oposto para ter prazer com o mesmo. Suponho que também possam existir mulheres que gostassem  de ser homens para dormir com homens. Mas parece-me de péssimo gosto. Visto bem, só há um sexo. É o das mulheres . Mais não há. Deus começou pelo esboço e depois fez a obra. Eu gostava de ser uma mulher para saber gostar melhor de mulheres.

(…)

Com ela tenho todas as mulheres . Antes dela, sim, dormia com muitas mulheres. Depois começa-se a perceber que por serem todas diferentes são todas iguais. E depois encontra-se uma que, como já disse, tem em si todas as mulheres . É a Luisa. É a sorte da minha vida. Sem ela não posso viver

(…)

O sexo é o lugar mais seguro e protegido neste mundo vão,- disse-me enquanto nos servia as bebidas.-primeiro é simples, depois tem resultados que se sentem á flor da pele , e ainda tem a bondade de nos livrar de qualquer preocupação. O tempo concentra-se num só ponto muito quente que depois derrete e desaparece.

- O sexo é uma coisa muito estranha e não vale de nada pensar nisso porque não fica menos estranho. É uma coisa que não está nas nossas mãos. Está nas mãos delas. As mulheres têm a pele mais sensivel, são mais finas dentro da cabeça, infinitas no prazer. Os homens são uns galos ou uns atletas. Quanto muito um instrumento de prazer nas mãos delas. É, aliás, o que de melhor nos pode acontecer.


publicado por AnnaTree às 09:19
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 28 de Agosto de 2013

aprendi

"Aprendi que amores eternos podem acabar em uma noite, que grandes amigos podem se tornar grandes inimigos, que o amor sozinho não tem a força que imaginei. Que ouvir os outros é o melhor remédio e o pior veneno, que a gente nunca conhece uma pessoa de verdade, afinal, gastamos uma vida inteira para conhecer a nós mesmos. Que os poucos amigos que te apóiam na queda, são muito mais fortes do que os muitos que te empurram. Que o "nunca mais" nunca se cumpre, que o "para sempre" sempre acaba, que minha família com suas mil diferenças, está sempre aqui quando eu preciso. Que ainda não inventaram nada melhor do que colo de mãe desde que o mundo é mundo, que vou sempre me surpreender, seja com os outros ou comigo. Que vou cair e levantar milhões de vezes, e ainda não vou ter aprendido tudo."

William Shakespeare

 


publicado por AnnaTree às 08:46
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 27 de Agosto de 2013

Conor Oberst - Cape Canaveral


publicado por AnnaTree às 09:01
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 22 de Agosto de 2013

Do mal ou menos pedro paixão

COISAS LIDAS

 

CHORAM OLHOS DE AMOR

(…)

Torradas de mel com golos pequenos de chá na varanda da casa, terras de Espanha ao fundo, e o seu corpo quente ainda na memoria .

« Esquece-te de tudo.» dizia. « Fica só com o sabor quente do chá e os olhos a piscarem da luz demasiado  intensa. Deita pela varanda fora tudo o que tens trazido agarrado a ti: pequenas falhas, anseios, desejos vagos, o livro por escrever»

(…)

Quem me livra deste amor que não escolhi? Meus Deus, livra-me de mim.

(…)

É raro que as coisas acabem bem porque se estivessem bem não acabavam


publicado por AnnaTree às 08:56
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 21 de Agosto de 2013

So You Think You Can Dance Season 8 "Nocturne"

http://www.youtube.com/watch?v=2BN6LPTqFv0


publicado por AnnaTree às 19:56
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 20 de Agosto de 2013

Do mal ou menos pedro paixão

COISAS LIDAS

0 AVÔ E O MENINO
(…)
O avô e o menino não têm pressa de chegar a lado nenhum. Têm a mesma idade ao contrario. Brincam um com o outro como amigos verdadeiros. O menino pergunta: «e para que serve?», e o avô sabe:«é para cortar a relva». O menino pede:«conta esta história» e o avô protesta:«outra vez o batman?» o avô volta a ser pequenino e todos os dias o menino cresce.


publicado por AnnaTree às 08:44
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Agosto de 2013

Amigo é pra essas coisas - Rui Faria e Chico Buarque


publicado por AnnaTree às 08:17
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 14 de Agosto de 2013

Do mal ou menos pedro paixão

COISAS LIDAS


APAGAR


Escrevia uma pagina.
Reli-a e cortava logo alguns parágrafos. Voltava a lê-la e tirava algumas frases. Depois ia ás palavras.reparava na inutilidade de muitas e extrai-as . o que se encontra após uma virgula também podia desaparecer. Um ponto e virgula geralmente indicia a ineficácia das frases que une, e eram retiradas.
Continuava assim durante algum tempo.
Se não fosse a sua mulher roubar-lhe a página , restaria uma palavra ou talvez nada. Ele precisava tanto de escrever como de apagar o que escrevia.
3.
(…)
Não, o que ele queria do dinheiro era só o dinheiro, a pura possibilidade que representa, uma coisa tão abstracta e ideal como um número, uma coisa que só existe dentro das cabeças. Ele sabia que o dinheiro é a coisa mais pobre que há, que a diferença entre uma coisa que se julga possuir e o dinheiro que se tem é que uma coisa é apenas o que ela é e o dinheiro tudo o que ele pode ser.
(…)
A inteligência estava só na rapidez com que se pensa numa coisa e depois se passa a outra e na confluência de várias coisas em linhas diversas que se cruzam, a inteligência, próxima do delírio, que escorrega só pelas coisas em que toca, sem as tocar.


publicado por AnnaTree às 09:30
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 13 de Agosto de 2013

Frédéric Chopin - Prelude in E-Minor (op.28 no. 4)


publicado por AnnaTree às 09:09
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 12 de Agosto de 2013

Do mal ou menos pedro paixão

COISAS LIDAS

A CABEÇA

A primeira vez que olhaste tudo parecia estar no seu lugar. Depois voltaste a olhar. Não devias. Agora vais cegar. Não tens força, mas não é exausto que estás, é vencido.

Espanta-te que continues? Continuas só como um vagão descarrilado. Querias sonhar por dentro do sonho como se nada fosse, nada tivesse sido. Estás envelhecido.

Esperas ainda que te venham buscar e que te levem sem fazer perguntas. Mas a este pátio ninguém vem. Escurece e volta a clarear, inúmeras vezes. A natureza é detestavel como sabes.

Trazes os olhos mais vazios do mundo. O que disseres será dito contra ti. Fica calado.

A tua cabeça é uma maquina quase perfeita. Podes procurar lá dentro que não encontras nada. Podes usa-la como quiseres mas devias ter cuidado. A saude é muito importante, o resto menos.

E há uma rapariga que está apaixonada por ti. Como é triste ver uma rapariga apaixonada por ti. O que sonha não existe.

A nossa cabeça vive de drogas, não esqueças.


publicado por AnnaTree às 08:49
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 39 seguidores

.pesquisar

 

.Março 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. nem-as-mulheres-sao-tao-c...

. Nem as mulheres são tão c...

. Maria Jesus Alava Reis “n...

. No princípio estava o mar...

. Óscar Wild Fidelidade

. Pedro Rolo Duarte 6/3/201...

. A Cidadela de Saint-Exupe...

. Mia Couto sangue da atriz...

. Jornal El país domingo 14...

. Revista cais número 131 ...

.arquivos

. Março 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Janeiro 2018

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Agosto 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

SAPO Blogs

.subscrever feeds