Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arvore De Letras

Coisas lidas,ouvidas,cantadas, declamadas,faladas,escritas

Arvore De Letras

Coisas lidas,ouvidas,cantadas, declamadas,faladas,escritas

19.03.07

Uma Vez


AnnaTree

Deixa caír
Aposto que não passa do chão
À devida distância
Uma queda pode ser apenas percussão
Deixa morrer
O gesto que começou mal
Depois vai ter tempo
De reconstruir a tua catedral
Uma vez
Era o rei e o bobo
Separaram-se até mais ver
Mas não deixaram de se corresponder
Uma vez
Era o belo e o monstro
Também esses fizeram planos
De nunca mais deixarem de se entender
Conheço alguém
De quem mal me consigo lembrar
Abençoado quem tem quem
De vez em quando o venha visitar
Na tua mão
Pressinto um futuro feliz
Tira o lápis da boca
E escreve o que a solidão te diz
Uma vez
Era o génio e o louco
Separaram-se até mais ver
Mas não deixaram de se corresponder
Uma vez
Era o choro e o riso
Também esses fizeram planos
De nunca mais deixarem de se entender

Jorge Palma

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.