Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arvore De Letras

Coisas lidas,ouvidas,cantadas, declamadas,faladas,escritas

Arvore De Letras

Coisas lidas,ouvidas,cantadas, declamadas,faladas,escritas

29
Out18

Estilhaços de Júlio Machado Vaz

AnnaTree

Coisas lidas

 

B564F348-E255-48EE-A855-D3A57B41D55B.jpeg

Meu pai não teve sorte, os últimos dois anos foram terríveis. Quando me confidenciou, pela primeira e última vez, que estava muito fatigado, percebi que se despedia e poupei-nos a banalidade de mau gosto. Segura-lhe a mão, tarde e a más horas, com mais de 30 anos de atraso. Ainda e sempre desencontrados, apagou-se na minha ausência, poucos minutos antes de eu chegar. Essa pequena distância de espaço e tempo resumiu nossa vida. 

(...)

Oito meses volvidos , estamos juntos como nunca estivemos. O silêncio mantém-se, mas não a distância, levo-o ao colo dos neurónios para todo lado. O avô que ele, neto favorito, venerava, escreveu um dia que só quando a nossa mãe morre abandonamos verdadeiramente a infância .

Não deixarei morrer nada do que fui dentro de mim, preciso desesperadamente da memória para seguir em frente.

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.